A Água Que Bebemos e a Importância do Purificador

Poluição e A Água que Bebemos

Poluição e a Água que Bebemos – (Dicas e Informação) A violência, o trânsito e a poluição do ar não são os únicos grandes vilões das cidades brasileiras. A contaminação das águas é grave e atinge diretamente toda a população.

Devido à falta de planejamento urbano, não só poluímos nossos rios a níveis desastrosos como não temos estações suficientes para tratar todo o esgoto que é despejado diariamente. Basta olhar para ver a quantidade de lixo boiando e sentir o mal cheiro.

A Água que Bebemos

A água que abastece nossas casas é captada dos rios, mas diariamente toneladas de esgoto doméstico são despejados nos cursos d’água. Além de esgoto doméstico, jogado sem nenhum tipo de tratamento, muitas indústrias contaminam as águas com metais pesados e outros produtos químicos, devido à falta de fiscalização.

Esgotos não tratados, produtos químicos e metais pesados contaminam a nossa água.

Como Funciona uma Estação de Tratamento de Água

Diante de tudo isso, temos a certeza que as empresas responsáveis pelo tratamento da água de sua cidade se esforçam ao máximo para fazer um ótimo trabalho, empregando vários tipos de produtos químicos nos processos de decantação, filtragem e cloração. O meio ambiente poluído está dando um trabalho cada vez maior para estas empresas.

O excesso de produtos químicos faz mal para a nossa saúde

  • Decantação

Floculantes, polímeros, sulfato de alumínio

  • Filtragem

Sulfato férrico, cloreto férrico, cal virgem, cal hidratado, cloro gasoso e ácido flucilicico

  • Cloração

Cloro e óxido de ferro

Doenças Causadas por Água Contaminada

  • Doenças causadas por parasitas

Amebíase: O contágio se dá através de água contaminada com cistos provenientes de fezes humanas.

Esquistossomose: A contaminação acontece através do contato direto com água onde há larvas provenientes de caramujos.

Giardíase: se dá com o consumo de água onde há o parasita Giárdia Lamblya.

  • Doenças causadas por vírus

Hepatite viral tipo A e poliomielite: O contágio se dá ao contato (consumo ou banho) com água contendo urina ou fezes humanas.

  • Doenças causadas por bactérias

Meningoencefalite: O contágio se dá pelo contato (consumo ou banho) com águas contaminadas.

Cólera: O contágio se dá com o consumo de água contaminada por fezes ou vômito de algum indivíduo contaminado.

Leptospirose: A água contaminada por urina de ratos é a principal causa da doença, apresenta maior perigo em águas próximas a áreas sem esgotamento sanitário.

Febre Tifóide: O contágio se dá pela ingestão de água ou alimentos contaminados (a contaminação de alimentos ocorre ao se lavar alimentos com água contaminada)

TODO CUIDADO É POUCO!

Se por um lado a água que bebemos recebe esse tratamento cuidadoso e responsável, por outro lado também devemos estar atentos em nossas residências e detalhes que podem comprometer de forma séria a nossa saúde.

Canos destruídos pela ação do tempo, a corrosão e a ferrugem oferecem perigos incontáveis a saúde, desde uma infecção até a morte, em alguns casos.

Caixas d’água sujas são portadoras de doenças. Elas produzem limo, fungos e bactérias, ocasionando a proliferação de germes e vírus.

Resultado: Ao tomar um simples copo de água, você corre o risco de ingerir germes e bactérias tão pequenos que a olho nu jamais conseguiríamos vê-los. Por isso é essencial para garantir uma água saudável. purificadores que atuem de forma eficaz na parte bacteriológica.

As caixas d’água devem ser limpas a cada 3 meses. E a sua como está?

Doenças transmitidas e contraídas através da água:

Químico: gastrite, câncer e úlcera.

Metais pesados: cegueira e câncer.

Físico: pedra nos rins e pedra na vesícula.

Bacteriológica: cólera, hepatite, leptospirose, meningite, disenteria, giárdia, infecções em geral e febre.

No Responses

Add Comment